Prado: Prefeitura promove capacitação de servidores para o E-Social

Participaram da capacitação, servidores atuantes na área de gestão de pessoas, Contabilidade e Controle Interno.

Nos dias 13 e 14 de março, servidores da Prefeitura de Prado, atuantes no setor de Recursos Humanos, Contabilidade e Controle Interno, participaram do curso de capacitação para a implantação do E-Social na Administração Pública do município. O curso foi promovido através de uma parceria entre a Prefeitura e a Empresa GPI Sistemas e ministrado pelo Administrador, Especialista em formação em E-Social, Gerente de Negócios e palestrante de cursos gerenciais e profissionalizantes, Sr. Rodrigo Barbosa Moreira.

O E-Social é um projeto do governo federal que tem por objetivo desenvolver um sistema de coleta das informações descritas no seu objeto, armazenando-se no Ambiente Nacional do E-Social, possibilitando aos órgãos participantes do projeto sua efetiva utilização para fins trabalhistas, previdenciários, fiscais e de apuração de tributos e do FGTS. O sistema veio para unificar o envio de informações pelo empregador em relação aos seus empregados. Com isso é possível viabilizar a garantia de direitos previdenciários e trabalhistas aos trabalhadores, simplificar o cumprimento de obrigações e aprimorar a qualidade de informações das relações de trabalho, previdenciárias e fiscais.

A exigência do envio dos eventos do E-Social pelos órgãos, autarquias e fundações da Administração Pública da União, dos Estados e dos Municípios, será obrigatória somente a partir de janeiro de 2020, porém, a Prefeitura de Prado está se antecipando e se preocupando em capacitar seus servidores, para que estejam preparados para atender as normas da legislação vigente.

Entenda o objetivo: O E-Social veio para simplificar a vida dos profissionais de contabilidade. Graças ao Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) foi possível sintetizar as informações em um só sistema. Em outras palavras, o E-Social seria uma versão do SPED para a área trabalhista, englobando as informações acessórias enviadas por meio de declarações como CAGED, RAIS, GFIP e DIRF.

 

 

Fonte: ASCOM – Secretaria Municipal de Administração

Recomendado para você

Sobre o autor: Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *